Mulher Atleta

20 de agosto de 2013

Equipe feminina do 4x100 m quebra recorde sul-americano no Mundial

Equipe feminina do 4x100 m
>> A seleção brasileira feminina quebrou o recorde sul-americano do revezamento 4x100 m nas semifinais do Campeonato Mundial de Atletismo, encerrado neste domingo 18, no Estádio Olímpico de Moscou. A equipe obteve a marca de 42.29. Na final, o Brasil acabou não completando a prova por erro na passagem do bastão.

A equipe recordista foi formada, pela ordem, por Evelyn Santos, Ana Cláudia Lemos, Franciela Krasucki e Rosangela Santos. O recorde anterior era de 42.55 e foi obtido na Olimpíada de Londres, no ano passado.

Na final, depois de um ótimo início de prova, a equipe cometeu um erro e o bastão caiu na última passagem - de Franciela para Vanda Gomes, que substituiu Rosangela Santos (a atleta sofreu uma contusão em julho e não participou do camping de treinamento anterior ao Mundial).

"A frustração é enorme porque a gente viu a medalha em nossa mão. Claro que o erro não foi de propósito. Somos uma equipe e cometemos uma falha que ninguém queria", comentou Franciela, muito decepcionada. "Todas estávamos sonhando com um lugar no pódio."

Ana Cláudia, recordista sul-americana dos 100 e dos 200 m, também lamentou a desqualificação. "Pedimos desculpas ao povo brasileiro, que certamente estava com uma boa expectativa na nossa prova", disse. "Vamos tentar novamente na próxima competição."

A Jamaica, liderada por Shelly-Ann Frase-Pryce, ganhou a medalha de ouro, com 41.29, novo recorde do torneio. A França ficou com a prata, com o tempo de 42.73, seguida dos Estados Unidos, com 42.75.

por CBAt
foto Eduardo Biscayart/CBAt